filme-as-pupilas-do-sr-reitor

As pupilas do Sr. Reitor [1935]

FILME PORTUGUÊS

Na cidade portuguesa de Póvoa do Varzim, no século XIX, o velho médico João Semana é substituído pelo jovem Daniel das Dornas, recém-formado em Medicina e filho do lugar. As tais pupilas do título são as jovens Margarida e Clara, que após a morte da mãe, Ressurreição, foram criadas pelo reitor

Este filme inspirou na década de 70 uma telenovela produzida pela TV Record e exibida entre 23 de março de 1970 a 6 de março de 1971, às 19h, em 279 capítulos.

Foi escrita por Lauro César Muniz e dirigida por Dionísio Azevedo e Nilton Travesso, baseada no romance homônimo do escritor português Júlio Dinis, publicado em 1867.

Segundo arquivos da Unicamp, é a telenovela de maior audiência da história da emissora em todos os tempos. Obteve média geral de 20 pontos na audiência, com capítulos que ultrapassaram os 30 pontos de média.

Sinopse

A vida pitoresca de Portugal (o Minho) em 1863. Os amores de Margarida e Clara, a diferente moral de Pedro e Daniel, a bonomia de João Semana. Uma raridade: um filme português realizado em 1935. Adaptação mais que fiel do famoso romance de Júlio Dinis, dirigida por Leitão de Barros, um dos grandes mestres do cinema português, o filme tem a curiosidade de ser quase um musical. Ingênuo, às vezes amadorístico, assemelha-se a um álbum de fotografias antigas: as paisagens do Minho, as roupas características, a maquiagem pesada e os gestos exagerados.

por domingos

Ler mais de domingos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *