António Félix da Costa vence na estreia da BMW na Fórmula E

António Félix da Costa (BMW IFE.18) venceu a primeira corrida do novo ano da Fórmula E, naquela que é a segunda da sua carreira na categoria, mas a estreia da BMW i Andretti Motorsport, que entra no campeonato vencendo logo em sua estreia. Apesar da forte oposição dos dois homens da DS Techeetah Formula E Team, Jean-Éric Vergne e Andre Lotterer, o piloto português aguentou a pressão até à bandeirada de xadrez e venceu com todo o merecimento. Logicamente, torna-se também o primeiro líder do campeonato.

Jean-Éric Vergne (DS E-Tense FE 19/DS Techeetah Formula E Team) foi segundo, depois de ter chegado a passar pela liderança. O piloto francês, Campeão em título da Fórmula E, surgiu muito forte, tal como sucedeu com o seu companheiro de equipa André Lotterer, com o DS E-Tense FE 19 da DS Techeetah Formula E Team a mostrar-se claramente como o monolugar a abater neste arranque de campeonato, já que mesmo partindo da quinta e sétima posições, rapidamente chegaram à traseira do BMW do piloto luso, conseguindo passá-lo.

Só que, ambos foram, pouco depois, penalizados, depois de terem infringido o regulamento desportivo, que tem imensas ‘nuances’, e com isso Félix da Costa regressou à liderança que teve desde a primeira volta, até quase metade da corrida.

Nesta altura faltavam 14 minutos para o final da corrida, com Félix da Costa na frente com uma margem acima dos oito segundos para Jérôme d’Ambrosio (Mahindra M5Electro/Mahindra Racing) e José María López (Penske EV-3/Geox Dragon Racing), mas o português não lhes deu hipóteses. contudo, os rápidos DS recuperavam, especialmente o de Vergne.

Entretanto, Bruno Correia teve que levar o seu BMW i8 Safety Car para a pista na sequência de um acidente, com Félix da Costa a perder toda a vantagem que tinha, já que o pelotão juntou-se. No recomeço, Vergne depressa passou o Mahindra de Jérôme d’Ambrosio e encetou uma forte perseguição ao português, mas Félix da costa aguentou estoicamente o francês atrás de si e venceu a corrida.

Jérôme d’Ambrosio (Mahindra M5Electro/Mahindra Racing) terminou na terceira posição, na frente de Mitch Evans (Jaguar I-Type III/Panasonic Jaguar Racing) com André Lotterer (DS E-Tense FE 19/DS Techeetah Formula E Team) também a recuperar ainda até ao quinto lugar. Sébastien Buemi, que esteve muito forte na fase inicial da corrida com o seu Nissan IM01 (Nissan e.dams) foi sexto.

O colega de equipe de Félix da Costa, Alexander Sims (BMW IFE.18/BMW i Andretti Motorsport) foi 18º depois de ter partido de 10º e ter chegado a rodar na oitava posição.

Fonte: https://www.autosport.pt/destaque-homepage/antonio-felix-da-costa-vence-na-estreia-da-bmw-na-formula-e/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *